Jornal E de Estremoz - 31 de Janeiro de 2013

Recursos aos Mercados não serão mais do que operações de resgate sucessivas?

E porque não renegociar a dívida?

 11250_126250467547194_1434943680_n.jpg